Terça-feira, 11 de Dezembro de 2007

Crítica: "Beowulf 3D"

 Classificação:  (7/10)

 

"Are you the one they call Beowulf?"


Tenho de admitir que os primeiros minutos de filme me semearam a dúvida: “mas isto é um filme ou é um daqueles videojogos totalmente inovadores que tanto gosto de jogar?!” (até porque entre eles o espaço é cada vez menor). Felizmente com o tempo lá me consegui desligar do factor jogo para entrar no universo do cinema, do filme em si e daquilo que este me transmitia.


E Robert Zemeckis é de facto um inventor destas novas tecnologias e acima de tudo um inventor de sucesso (basta lembrar o acontecimento “Quem Tramou Roger Rabbit?”). Visualmente o filme é um êxito, deslumbra e facilmente nos deixa fascinados com a tamanha espectacularidade de algumas imagens. Este fascínio é, por outro lado, levado ao extremo porque existe a necessidade de ter sempre na imagem um elemento de referência (seja ele qual for - um ramo de árvore, um dos actores, qualquer coisa), que nos consiga proporcionar aquela sensação de profundidade que de outra forma não teríamos. Os constantes movimentos tangenciais a objectos é outro exagero, na minha opinião, não é que fiquem mal, mas a partir de uma determinada altura percebemos que não é mais do que um subterfúgio visual que acabam por nos deixar maravilhados, é certo, mas que no fim acabam por saber a pouco.


No final dei por mim a pensar… mas será que a história era realmente importante?! Ao lado ouvia os comentários: “o filme é espectacular”, “fantástico”. Mas o mais curioso foi a seguinte pergunta, “mas isto afinal é animação?!”. E cheguei à conclusão, que se havia dúvidas quanto ao facto de ser animação ou não, o mais provável é que ninguém naquela sala, quase cheia, tivesse entrado por causa da história. Quanto à história em si, acho que ninguém se vai opor quando a defino de muito fraca, pois nunca chega a cativar verdadeiramente e também segundo o que ouvi, e confesso senti, chega a cansar, isto apesar do elenco fantástico, da música quase sempre bem introduzida e da excelente realização e tudo o que a compõe. O problema, se é que chega a ser um problema, é mesmo a história.


No fim, apenas fica o feeling de se ter visto um filme em 3D e é pena porque se ao aspecto visual se conseguisse juntar uma história com capacidades semelhantes, o filme ficaria, sem qualquer dúvida inesquecível, ainda que para muitos já o tenha sido.

 

O MELHOR: Toda a concepção visual e o factor 3D que facilmente nos convence.


O PIOR: A história, que praticamente não existe. Mas por outro lado… quem é que quer saber da história neste tipo de filme?!

tags:
publicado por OlharCrítico às 12:54
link do post | comentar | favorito
1 comentário:
De Miguel a 28 de Janeiro de 2008 às 18:24
Mas quanto à história, o realizador não poderia fazer nada, porque o filme é baseado num poema (enorme) da literatura anglo-qualquer coisa (ou seja, muito antigo). Já não é a primeira vez que fazem a adaptação para cinema daquele poema - http://pt.wikipedia.org/wiki/Beowulf - e sinceramente, gostei bastante do filme.

Um bom espectáculo visual.

Comentar post

mais sobre mim

pesquisar

Julho 2009

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
11
12
13
14
15
16
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

tags

todas as tags

posts recentes

Férias… Palavras para quê...

Excelência nas editoras?!...

Onde pára a Originalidade...

Crítica: "Transformers 2:...

Nunca um ADEUS mas sim um...

O TERROR, o drama, a emoç...

Novos posters de "Sherloc...

Trailer (do caraças) de "...

Futebóis

Crítica: "Terminator Salv...

"Iron Man 2": 1ª foto de ...

Trailer de "500 Days of S...

Crítica: "Six Feet Under"

Venha daí o CLICHÉ pois e...

Sam Worthington em "Clash...

Ora digam lá, o que é mai...

David Carradine (1936-200...

Teaser de "[REC-2]"

E Viva lá TV!!

Livros e Cinema (serão as...

arquivos

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

links

votações

Melhor Bond...James Bond

Melhor Serial Killer

Melhor Filme de Natal

Melhor Filme de Super-Heróis

Melhor Actor Secundário

Melhor Filme Romântico

Melhor Série de TV actual

Melhor Transformação Física

Melhor Dupla de Cinema

Actor de TV mais sexy

Actriz de TV mais sexy

Melhor Monstro

Melhor Blockbuster

Melhor Actor Actual de Acção

Melhor Temporada do 24

Melhor Filme de Quentin Tarantino

Expectativas para o The Dark Knight

Melhor Filme de Steven Spielberg

subscrever feeds