Segunda-feira, 12 de Março de 2007

"Ghost Rider" - Nem Aquece, Nem Arrefece...

 

Começo por dizer que da Banda Desenhada original pouco conheço, e como tal, vi e vou falar do filme apenas como um objecto cinematográfico recorrendo pouco aos “comics” que o originaram. E olhem que no meio do mau até estava à espera de pior, a verdade é que nunca imaginei Nicolas Cage a fazer um papel de super-herói mas se há coisa que o actor nos tem mostrado é a sua capacidade camaleónica para conseguir vestir personagens totalmente diferentes e neste Ghost Rider, não está nada mal. Aí um grande ponto a favor, que acompanhado com a co-protagonista, Eva Mendes, dona de uma naturalidade surpreendente, já para não falar na beleza, fazem um par bastante engraçado e que por diversas vezes nos deixam com aquele sorriso discreto mas apaixonado que rapidamente nos fazem pensar que foi uma boa aposta a escolha dos actores para os personagens principais. Foi mesmo na história e no Ghost Rider em si, que senti as maiores lacunas. Os vilões, não trazem nada de novo, previsíveis (a história e o seu desenrolar também o é) e demasiado estereótipados (secantes mesmo), tiram todo o ritmo e magia ao filme. O Ghost Rider em si... é um assunto complicado, porque enquanto nos é relativamente fácil identificarmos Nicolas Cage como Ghost Rider, já nos é mais difícil, pelo menos para mim, identificar Ghost Rider como Nicolas Cage, acho que faltam elementos de ligação com o actor em si, gestos, atitudes, qualquer outra coisa visto que na verdade a cabeça em chamas, e a voz metálica (que não sei se é perceptível na BD), não são fáceis de “representar”, acabando por despersonalizar Ghost Rider do actor que supostamente lhe dá vida. Há duas ou três situações em que senti que era Nicolas Cage naquela caveira em chamas, o que me parece muito pouco. Para terminar, uma palavra de apreço aos efeitos visuais e especiais, é verdade estamos na era do digital, onde já tudo é possivel, mas continuo a ficar surpreendido com algumas das coisas que vejo, algumas no bom e outras no mau sentido, neste filme temos os dois casos. No geral, um filme no qual as expectativas não devem ir muito elevadas. Vê-se bem, mas muito longe dum filme que nos fique na retina...

 

O Que Mais Gostei: Os Efeitos Visuais e o par Nicolas Cage/ Eva Mendes.

O Que Menos Gostei: Os Vilões, pouco caracterizados e com pouca relevância para a história, a falta de elementos que liguem as duas faces do personagem interpretado por Nicolas Cage, factor fundamental para a receptividade do filme.

publicado por OlharCrítico às 10:13
link do post | comentar | favorito

mais sobre mim

pesquisar

Julho 2009

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
11
12
13
14
15
16
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

tags

todas as tags

posts recentes

Férias… Palavras para quê...

Excelência nas editoras?!...

Onde pára a Originalidade...

Crítica: "Transformers 2:...

Nunca um ADEUS mas sim um...

O TERROR, o drama, a emoç...

Novos posters de "Sherloc...

Trailer (do caraças) de "...

Futebóis

Crítica: "Terminator Salv...

"Iron Man 2": 1ª foto de ...

Trailer de "500 Days of S...

Crítica: "Six Feet Under"

Venha daí o CLICHÉ pois e...

Sam Worthington em "Clash...

Ora digam lá, o que é mai...

David Carradine (1936-200...

Teaser de "[REC-2]"

E Viva lá TV!!

Livros e Cinema (serão as...

arquivos

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

links

votações

Melhor Bond...James Bond

Melhor Serial Killer

Melhor Filme de Natal

Melhor Filme de Super-Heróis

Melhor Actor Secundário

Melhor Filme Romântico

Melhor Série de TV actual

Melhor Transformação Física

Melhor Dupla de Cinema

Actor de TV mais sexy

Actriz de TV mais sexy

Melhor Monstro

Melhor Blockbuster

Melhor Actor Actual de Acção

Melhor Temporada do 24

Melhor Filme de Quentin Tarantino

Expectativas para o The Dark Knight

Melhor Filme de Steven Spielberg

subscrever feeds