Quinta-feira, 30 de Abril de 2009

Novo trailer de "Transformers 2"

Apesar de o segundo trailer do "Transformers 2 Revenge of The Fallen" estar apenas a horas de ser divulgado oficialmente, já se encontra online a sua versão pirata, e realmente tem muito bom aspecto. Não se se estão a par, mas o realizador McG decidiu "desafiar" o Michael Bay para ver qual dos dois filmes vai sair melhor nas bilheteiras, o "Terminator Salvation" ou "Transformers 2". Por muito bom que aparente ser este novo "Terminator", lamento dizer-te McG, mas tenho sérias dúvidas que supere o espectáculo visual destes "Transformers 2".  Ainda por cima com aquelas poses da Megan Fox... ui, não há hipotese. Confiram aqui.

 

tags:
publicado por CinemaBox às 00:21
link do post | comentar | favorito
Quarta-feira, 29 de Abril de 2009

De volta ao blog (isto é, se o "bicho" deixar)

Tal como o André referiu num comentário uns posts mais abaixo, tive uns pequenos problemas técnicos com o meu portátil, não podendo consequentemente vir aqui actualizar o CinemabBox. Mas depois destas semanitas atribuladas a fazer backups, formatar discos e afins, parece que aqui o "bicho" (leia-se portátil) está a voltar a portar-se bem, o que significa que em principio o blog irá retomar o seu andamento habitual. Por isso, a partir de amanhã podem contar com o regresso das notícias, críticas e a crónica de fim de semana "O Outro Lado da Tela". Até amanha pessoal!

 

publicado por CinemaBox às 00:28
link do post | comentar | ver comentários (3) | favorito
Terça-feira, 7 de Abril de 2009

Rourke: a "velha guarda" mostra a sua raça

 

Antes de mais, devo pedir desculpa pela ausência de posts relativos a noticias de cinema. Tenho andado ocupado com trabalhos para a faculdade e não tenho tido grande tempo para me dedicar ao estaminé. De qualquer forma, é bom ver a forma como as críticas dos filmes e a crónica semanal "O Outro Lado da Tela" do André Santos têm compensado esta minha ausência, manifestada pelo agrado que todos vocês demonstram nos comentários. Penso que posso falar em nome do André e agradecer mais uma vez pela vossa visita e pelo vosso feedback.

 

Voltando "à vaca fria", como quem diz ao mundo do cinema (ou neste caso, talvez nem tanto), parece que o actor Mickey Rourke levou o seu papel de lutador de wrestling no filme "The Wrestler" tão a sério que na sexta passada, durante a comemoração do 25º aniversário da Wrestlemania, e respondendo a um desafio lançado pelo Chris Jericho, mostrou a massa de que é feito e que ainda não está enferrujado dos seus anos de boxe, e fez com que Jericho saísse do ringue literalmente com o rabinho entre as pernas. Mas como toda a gente sabe, o mundo do wrestling é mais do que aparenta ser, por isso tudo não passou únicamente de showoff. De qualquer maneira, vale a pena ver o video. É só clicar aqui.

publicado por CinemaBox às 22:27
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
Segunda-feira, 6 de Abril de 2009

"Filmes para Maiores de…"

 

Com certeza que muitos de vocês já se questionarem de onde vêm as classificações “Maiores de 12 anos” associadas aos filmes ou a outros tipos de espectáculo. Além de se questionarem, com certeza que também já devem ter considerado algumas incorrectas ou desadequadas pelo que surge sempre a questão, quem é gere isto e como?

 

Na década de 80, praticamente logo a seguir ao 25 de Abril, foi criada uma comissão de classificação de espectáculos, mais conhecida por CCE, que apresenta como principais competências a classificação cinematográfica e teatral. Para não me prolongar muito, e para os mais curiosos e interessados, deixo aqui o endereço do decreto de lei que regulamenta a CCE, das competências e composição da CCE e por fim, os critérios gerais existentes na CCE. Isto já por si só consegue responder a muitas questões que possam surgir, ou talvez não, visto se tratarem de coisas um tanto subjectivas, principalmente no que diz respeito, aos critérios, pois alguns até dão para rir.

 

Ora então a classificação dos filmes está dependente da interpretação de um grupo de pessoas, que perfazem a comissão, pessoas como qualquer um de nós, que em conjunto terão que chegar a um consenso sobre uma determinada idade para um respectivo filme, recorrendo a certos critérios. Não há nada de estranho até aqui, tirando mesmo o artigo 3º dos critérios gerais; “Serão classificados para maiores de 12 anos os espectáculos que, pela sua extensão ou complexidade, possam provocar nos espectadores de nível etário inferior fadiga excessiva e ou traumatismo psíquico.” Isto será demasiado vago ou é apenas impressão minha? E relativamente aos DVD´s, a comissão é a mesma ou é diferente? É que não seria a primeira, nem a segunda, e muito menos a terceira vez que aconteceria um filme no cinema apresentar uma determinada classificação e posteriormente com o lançamento do DVD, essa classificação ser totalmente diferente.

 

Todavia, e se é verdade quem em muitos outros casos nem decretos de lei existem, a verdade é que aqui subsiste uma lei formulada para uma determinada situação, mas que muitas das vezes não é cumprida ou não temos quem a faça cumprir. Dito de outra forma, quantas vezes é que já assistimos a um filme para “maiores de 12”, e ao mesmo tempo estavam assistir pessoas mais novas? Provavelmente dizer muitas ou algumas acaba por ser sempre pouco. É aqui, que no meu entender, começa e termina o ridículo da situação.

 

Se por acaso pedirmos um bilhete recorrendo ao cartão de estudante, os funcionários exigem a apresentação do mesmo, verificam o dito cujo vezes e vezes sem conta, apenas porque de outra forma somos obrigados a pagar o bilhete normal. A diferença é de 50 cêntimos (mais coisa menos coisa), mas somos obrigados a mostrá-lo. Este rigor (vamos chamar-lhe assim) já não acontece com os bilhetes de identidade por exemplo. Pode estar um rapazinho, que nem ao balcão chega, o um grupo de teenagers (aqueles com as hormonas aos saltos), que quase sempre, ninguém lhes pede identificação. Aí não interessa a idade. Para quê? É plim plim a entrar por isso não há necessidade de se verificar seja o que for e muito menos verificar se se cumpre o artigo 3º em cima citado.

 

Depois claro, são os “putos” a fazerem uma verdadeira festa enquanto a projecção do filme decorre, onde saltam garrafas de água para os bancos da frente (ainda que só tenha apanhado com elas vazias), saltam pipocas ou frascos de pintarolas (mais uma vez vazios – tem sido a minha sorte). Há uma falta de cuidado enorme por parte das distribuidoras que desta forma não conseguem (nem querem) prestar um serviço de qualidade, e nós consumidores apenas nos resta lamentar, e reclamar em força. Existe uma lei e é para ser cumprida. Posso sempre ser eu que estou a ficar velho e irritadiço por natureza, ou então – e recorrendo às palavras do OTS – devo ser mesmo um E.T. perdido nesta terra de “malucos”… e se for esse caso… “E.T. phone home” (com o dedinho a apontar para cima e a desejar que acelerem o raio da nave).

 

Até para a semana!

publicado por OlharCrítico às 10:35
link do post | comentar | ver comentários (7) | favorito

Crítica: "Choke - Asfixia"


 Classificação:  (6.5/10)

 

Ainda há tão pouco tempo escrevia sobre o “estranho caso das traduções” e mais uma vez estamos perante um desses fantásticos exemplares. Estamos novamente perante um trabalho descuidado, para não lhe chamar outra coisa, onde fica bem evidente a falta de carácter das distribuidoras nos processos de tradução.

 

Tirando este pequeno à parte, “Choke” é uma adaptação do romance “Agent Provocateur” de Chuck Palaniuk, que retrata a história de um viciado em sexo que finge sufocar engasgando-se em restaurantes, com pedaços de comida na boca, para assim conseguir extorquir dinheiro ao pobre coitado que o salva. Ao mesmo tempo espera pacientemente que a sua mãe demente morra e acidentalmente apaixona-se, mostrando-lhe que por vezes, nem tudo é sexo.

 

No fundo trata-se de uma história de amor, que recorre aos muitos lugares comuns que estamos habituados a ver retratados neste tipo de histórias, caindo nos clichés e chavões narrativos do costume. Possui uma grande dose de humor negro mas há muita coisa que acaba por ficar no ar, dando a sensação que faltou qualquer coisa numa ou outra sequência, ou até mesmo o filme no seu todo, ao invés do “blocos dispersos” que vão surgindo – a construção do “monumento” de pedra é um desses exemplos. Contudo o filme consegue ser interessante e até divertido, assumindo o tom de comédia romântica, algo fora do comum – leia-se tresloucada – no seu desenrolar.

 

Talvez por se tratar da estreia do actor Clark Gregg na realização e com isso existir um cuidado mais apurado para certos pormenores, o filme consiga ter personagens tão elaboradas e complexas, como as que nos são presenteadas, com densidade psicológica e emocional, onde se denota delicadeza na construção dos personagens, apoiada por boas interpretações de grandes actores. Em suma, aproxima-se bastante do “género”, filme de autor e também por isso, faz com que Choke seja uma agradável comédia e um excelente objecto de entretenimento.

 

O MELHOR: A pretensão da história e a caracterização dos personagens complementado pelas boas interpretações dos actores.

 

O PIOR: Arrisca pouco. Poderia ter ido muito mais longe.

tags:
publicado por OlharCrítico às 10:24
link do post | comentar | ver comentários (4) | favorito

mais sobre mim

pesquisar

Julho 2009

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
11
12
13
14
15
16
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

FILMES: 2009

Angels & Demons

Choke

Gran Torino

O Contrato

Slumdog Millionaire

Terminator Salvation

The Watchmen

The Wrestler

Transformers 2: Revenge of The Fallen

 

 

FILMES: 2008

007-Quantum of Solace

10.000 BC

Burn After Reading

Eagle Eye

Hancock

I Am Legend

In The Valley Of Elah

Indiana Jones & The Kingdom of The Crystal Skull

Iron Man

Mamma Mia!

Max Payne

Meet the Spartans

Mirrors

National Treasure 2 - Book of Secrets

No Country for Old Men

Saw 4

Taken

The Curious Case of Benjamin Button

The Dark Knight

The Forbidden Kingdom

The Mist / Cloverfield / REC

The X-Files-I Want to Believe

Tropic Thunder

Untraceable

Wall-E

You Don't Mess With the Zohan

 

 

FILMES: 2007

1408

300

American Gangster

Beowulf 3D

Corrupção

Die Hard 4.0

El Laberinto Del Fauno

Fantastic Four 2

Ghost Rider

Ocean´s 13

Piratas das Caraíbas 3

Rocky Balboa

Shrek 3

Sicko

Spider-Man 3

The Bourne Ultimatum

The Brave One

The Good Shepherd

The Simpsons Movie

The Transformers

Wild Hogs

Zodiac

 

 

FILMES: 1980-1989

Aeroplane

Big

Look Who's Talking

 

 

"Indivíduas" do Sexo Feminino

O Estranho Caso… das Traduções de Títulos

Let´s Look At a Trailer… Or Not…

Xô Publicidade Xô!!!

Cinema Português… Para onde vais tu?

País de Brandos Costumes... Pipocas ou McDonald's?

Ò tempo, volta para trás! (Já baixavas os preços do cinema não?)

"Filmes para Maiores de…"

"Original vs Dobrado"

"Livros e Cinema (serão assim tão diferentes?)"

"E Viva lá TV!!"

"Futebóis"

"O TERROR, o drama, a emoção… e por aí fora"

"Nunca um ADEUS mas sim um ATÉ JÁ!"

"Onde pára a Originalidade e a Imaginação?!"

"Excelência nas editoras?! – É raro, muito raro!"

"Férias… Palavras para quê?!"

tags

todas as tags

posts recentes

Férias… Palavras para quê...

Excelência nas editoras?!...

Onde pára a Originalidade...

Crítica: "Transformers 2:...

Nunca um ADEUS mas sim um...

O TERROR, o drama, a emoç...

Novos posters de "Sherloc...

Trailer (do caraças) de "...

Futebóis

Crítica: "Terminator Salv...

"Iron Man 2": 1ª foto de ...

Trailer de "500 Days of S...

Crítica: "Six Feet Under"

Venha daí o CLICHÉ pois e...

Sam Worthington em "Clash...

Ora digam lá, o que é mai...

David Carradine (1936-200...

Teaser de "[REC-2]"

E Viva lá TV!!

Livros e Cinema (serão as...

arquivos

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

links

votações

Melhor Bond...James Bond

Melhor Serial Killer

Melhor Filme de Natal

Melhor Filme de Super-Heróis

Melhor Actor Secundário

Melhor Filme Romântico

Melhor Série de TV actual

Melhor Transformação Física

Melhor Dupla de Cinema

Actor de TV mais sexy

Actriz de TV mais sexy

Melhor Monstro

Melhor Blockbuster

Melhor Actor Actual de Acção

Melhor Temporada do 24

Melhor Filme de Quentin Tarantino

Expectativas para o The Dark Knight

Melhor Filme de Steven Spielberg


Locations of visitors to this page

 

 

subscrever feeds