Sábado, 14 de Fevereiro de 2009

O Estranho Caso… das Traduções de Títulos

 

Depois de visionar esse fantástico filme que é Slumdog Millionaire, surgiu-me novamente a questão (muito estranha note-se) relacionada com as traduções dos títulos. Mas quem é que raio traduz os títulos ao filmes? Quem? E não há, ou deveria haver dispositivos de controlo de qualidade para este tipo de situações?! – Eu gostava sinceramente de saber, e talvez conversar um pouco com essa(s) pessoa(s) para assim tentar inteirar-me da situação porque numa primeira observação apenas se pode considerar, simplesmente surreal. Eu passo a citar apenas alguns exemplos: “Lost in translation - O Amor é um Lugar Estranho”. O amor é um lugar estranho?! – O que é que isso quer dizer? Continuando, “Shaun Of The Dead – Zombies Party: Uma Noite… de Morte”. Eu até aceito que todos mereçamos a bela da festinha uma vez ou outra, agora zombies, será preciso ir tão longe? E este não se trata de caso único no que respeita à mistura de títulos em inglês e português. A salganhada do costume, para sintetizar. Há alguns exemplos que eu até desconhecia. É o caso do actual “Michael Clayton” que ao que parece levou a fantástica tradução de “Uma Questão de Consciência”. Sim porque era simplesmente impossível manterem o título como estava. Mas a lista continua, “Charlie Winson's War – Jogos do Poder”, “The Green Mile – À Espera de Um Milagre”, “The Bucket List – Nunca é tarde Demais” e com certeza que vocês lembrar-se-ão de muitos mais, até porque neste tópico, os exemplos são férteis e podem apresentá-los nos comentários, como uma lista das piores traduções com que já se depararam.


Todavia e apesar do meu espírito critico, eu até consigo compreender que certos títulos possuam uma tradução, (vamos chamar-lhe) complexa. Da mesma forma consigo compreender que certos títulos sejam alterados por motivos puramente relacionados com marketing, mas será mesmo necessário roçar, e por tantas vezes, o burlesco e o rídiculo de alguns exemplares? Não haverá necessidade de existir algum bom senso – e vou arriscar a ir mais longe – e sensibilidade no processo de tradução, além dos óbvios conhecimentos de inglês e do respectivo dicionário? – Por outro lado temos ainda a questão, dos pontapés gramaticais e não só, na própria tradução para a legendagem dos diálogos do filme propriamente ditos. Perdoem-me o desabafo, mas tenho ficado simplesmente abismado, e até um tanto maravilhado confesso, com a excelente qualidade das traduções que vamos encontrando em certas e determinadas legendas, criadas para filmes dísponiveis na internet. É que comparativamente a objectos semelhantes, disponiveis em DVD (em que inclusivamente já encontrei erros ortográficos), ou até mesmo na TV, as referentes aos conhecidos filmes DivX encostam com evidente facilidade e simplicidade os ultimos exemplares. Note-se, que para estes as legendas são elaboradas pelos supostos profissionais, bem ou talvez não.


Uma coisa é certa. Falta de imaginação não é, pois alguns títulos ficam bem mais estranhos do que no original… e no fim também vai sempre dando para rir com a ridicularidade de alguns objectos simplesmente marcantes, e rir, além de ser algo que faz implicitamente bem ao corpo humano é sempre o melhor remédio. E é que neste caso só dá mesmo é para isso.


Até para a semana

publicado por OlharCrítico às 17:59
link do post | favorito
De Fernando Ribeiro a 14 de Fevereiro de 2009 às 19:40
Pegas aqui num ponto muito pertinente. De facto, existem traduções que não percebo aonde as vão buscar. Mas apesar de algumas escandaleiras que de vez em quando vão aparecendo no nosso país, nada supera a tradução brasileira do Godfather: "O Grande Chefão". Não é de partir a rir?

Excelente artigo. :)

Abraço.
De OlharCrítico a 15 de Fevereiro de 2009 às 00:19
Caro Fernando,

Antes de mais, obrigado pelo feedback que é sempre muito bem vindo :) Também pegas num determinado aspecto que não referi, não por não achar pertinente, mas por considerar existir material suficiente para uma futura "opinião" neste espaço. E tens razão, se as nossas traduções são o que são, as Brasileiras são de rir até não se conseguir mais. Por acaso a do Padrinho ainda não tinha conhecimento, mas mais uma vez tenho que concordar contigo... é que com um título como esse, faz-me lembrar tudo menos o grande filme que é :)

Abraço

A.S.
Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

mais sobre mim

pesquisar

Julho 2009

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
11
12
13
14
15
16
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

tags

todas as tags

posts recentes

Férias… Palavras para quê...

Excelência nas editoras?!...

Onde pára a Originalidade...

Crítica: "Transformers 2:...

Nunca um ADEUS mas sim um...

O TERROR, o drama, a emoç...

Novos posters de "Sherloc...

Trailer (do caraças) de "...

Futebóis

Crítica: "Terminator Salv...

"Iron Man 2": 1ª foto de ...

Trailer de "500 Days of S...

Crítica: "Six Feet Under"

Venha daí o CLICHÉ pois e...

Sam Worthington em "Clash...

Ora digam lá, o que é mai...

David Carradine (1936-200...

Teaser de "[REC-2]"

E Viva lá TV!!

Livros e Cinema (serão as...

arquivos

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

links

votações

Melhor Bond...James Bond

Melhor Serial Killer

Melhor Filme de Natal

Melhor Filme de Super-Heróis

Melhor Actor Secundário

Melhor Filme Romântico

Melhor Série de TV actual

Melhor Transformação Física

Melhor Dupla de Cinema

Actor de TV mais sexy

Actriz de TV mais sexy

Melhor Monstro

Melhor Blockbuster

Melhor Actor Actual de Acção

Melhor Temporada do 24

Melhor Filme de Quentin Tarantino

Expectativas para o The Dark Knight

Melhor Filme de Steven Spielberg

subscrever feeds